quinta-feira, fevereiro 21, 2008

Onde há muito fumo há fogo.. fogo pernicioso.

Sem muito tempo disponível, no momento, para examinar melhor a situação, mas esta noite , há pouco tempo, apercebi-me da seguinte ocorrência:

  • este blogue costuma ter uma média diária de páginas visitadas um pouco acima do milhar. Hoje excepcionalmente teve mais de 2 milhares (em concreto 2499 páginas vistas)
  • dessas 2499 páginas, cerca de 1 milhar foram visionadas apenas por uma só pessoa (um só IP)
  • essa pessoa visionou esse milhar de páginas entre cerca das 10 horas e das 12 horas, de hoje.
  • pude colher alguns dados dessa pessoa (IP), através nomeadamente do "Google Analytics", e são os seguintes:
    • o IP aponta para um acesso a partir de Vila Nova de Gaia
    • usa um ISP (Dominio) da Kpnqwest Portugal
    • o IP de acesso é .... bem, entendo não revelar aqui o IP
    • usa sistema operativo Windows XP (ou Vista) ; browser Internet Explorer ; resolução gráfica 1280x1024
    • ...
    • visitou praticamente tudo deste blogue relativo a páginas de calendário anuais de caminhadas: de Clubes, Grupos, Câmaras Municipais, associações, etc ; e por outro lado as páginas com os percursos pedestres marcados de Portugal. Ao todo, cerca de 1 milhar de páginas visionados em cerca de duas horas

Minhas CONCLUSÕES:

Afigura-se óbvio que esse dita pessoa esteve a copiar / gravar grande parte das páginas que compõem este blogue (que no momento ronda os 970 posts). Ninguém visita cerca de mil páginas em cerca de 2 horas apenas por recreio!
Como neste e noutro sítios que tenho online já tive múltiplas experiências amargas (e algumas deveras amargas) de uso de cópia de páginas / conteúdos com propósitos de claro Plágio, devo confessar que considero que esta ocorrência de hoje não augura, para mim, e para este blogue, nada de bom.
Contudo, vou esperar mais uns dias, semanas, para ver o que isto dá e até pode ser (!) que essa pessoa apenas tenha copiado / gravado as páginas em qq sítio com fins admissíveis. A ver , vamos...


p.s.: são situações destas que desalentam, à partida, qualquer simples mortal.

2 comentários:

Darasola disse...

Pois é! Ninguém respeita nada! Mas esperes que não deixes de actualizar este blog muito útil.
Boas caminhadas

António disse...

Caro Companheiro. Permita-me que o trate assim.
Não se pode baixar os braços perante atitudes destas, ir à luta, mostrar a essas pessoas(?) que se trabalha em qualquer circunstância, é mostrar que se tem capacidade própria de trabalho e que não se precisa de recorrer a artimanhas para apresentar trabalho útil e válido.

Um Caminheiro nunca desiste. Ir em frente, " a todo o Vapor"

Um abraço de apoio.